Prefeitura Municipal

de Vargem-SP

Última Atualização do Site:
15/08/2017 09:30:30





Histórico

Vargem

Localizada na região bragantina, Vargem fica entre as montanhas da Serra da Mantiqueira e na divisa do estado de São Paulo com a região sul de Minas Gerais. Com aproximadamente 10 mil habitantes, no passado já foi local de grande movimentação comercial e agrícola. No auge da produção de café dos municípios paulistas, Vargem abrigou grandes fazendas produtoras e até uma estação – que ainda existe e pode ser visitada – da antiga São Paulo

Railway, companhia que geria a estrada de ferro pela qual era escoada a produção de café para outras regiões do país, em especial para o sul de Minas Gerais.

Dos tempos do café, a cidade ainda acolhe algumas das fazendas, que hoje são residências dos descendentes dos fazendeiros e mantêm preservadas as memórias daqueles tempos. Os turistas interessados nesta história não devem deixar de visitar as propriedades, os antigos casarões, ouvir as histórias contadas ao longo das gerações e provar as delícias da cozinha do interior.

Para curtir as belezas naturais da cidade, vale uma visita à Pedra do Lopo, com 1.780 metros de altura, à Represa Jaguari/ Jacareí, a maior do Sistema Cantareira, que possui uma boa parte localizada em Vargem, além das cachoeiras.

Um passeio pelas diversas igrejas da cidade, como a Capela de São João Batista e a Capela de São Benedito, além da Igreja Matriz, localizada no centro, também pode revelar muito da religiosidade e da cultura da população local.

Berço do surgimento de Bragança Paulista, Vargem percorreu um longo caminho com importantes histórias até ter sua autonomia política decretada com a emancipação em 30 de dezembro de 1991. Criado como distrito em 1929, era pertencente ao atual município de Bragança Paulista, na época o antigo povoado de Nossa Senhora da Conceição do Jaguari.

Seus habitantes eram bandeirantes em busca de ouro, pedras e índios para escravizar, e, ainda, agricultores, que buscavam aproveitar e utilizar o valor econômico da terra para estabelecer um comércio entre o sertão e o litoral.

Antes disso, em 1778 e 1789, o povoado se formou a partir das concessões de terras a João Rodrigues Antunes e João Francisco de Oliveira, respectivamente. Porém, foi no século XIX que Vargem viveu uma de suas melhores épocas. A região se desenvolveu graças às produções de café e também por conta da instalação da ferrovia São Paulo Railway, em 1884.

Com a chegada da estrada de ferro, a Região Bragantina teve novas possibilidades de crescimento e tinha na estação de Vargem a última do sistema. A ferrovia foi um grande fator de integração social, pois o maior movimento era de carga para a região sul de Minas Gerais. Por conta disso, Minas Gerais e São Paulo disputaram a posse pelo povoado de Vargem, representante da divisa entre os estados.

Voltando ao ano de 1929, Vargem já era considerada um grande centro de movimentação comercial e agrícola. Porém, em 1959, a inauguração da Rodovia Fernão Dias provocou a desativação da ferrovia, no início da década seguinte. Junto com a queda da agricultura do café, a cidade passou por um período difícil.

Após ser criada em 1929, Vargem já havia sido elevada como município em 28 de dezembro de 1964, mas seis anos depois, em 17 de abril de 1970, foi reconduzida à condição de distrito de Bragança Paulista. Depois de 21 anos, enfim teve sua autonomia político-administrativa finalmente decretada.

História do brasão do município:O Brasão de Armas do Município de Vargem, de

autoria do heraldista e vexilólogo, Dr. Lauro Ribeiro Escobar, do Conselho Estadual de Honrarias e Méritos, assim se descreve: escudo ibérico, de blau, com águia estendida, acostada de duas cruzes gregas, trilobadas, encimando contra chefe ondado, tudo de prata; o escudo é encimado de coroa mural de prata, de oito torres, suas portas abertas de sable e tem como tenentes dois bandeirantes, com suas vestimentas típicas; listeu de blau, com o topônio \\\\\\\"Vargem\\\\\\\", de prata.



Pontos Turísticos para visitação:

Represa Jaguari/Jacareí;

Pedra do Lopo;

Igreja Matriz;

Gruta Nossa Senhora de Fátima;

Cristo Redentor (Vista aérea da cidade);

Casarão do Zé Bento – construção de 1892 que ainda

abriga o neto dos antigos moradores;

Capelas Históricas nos bairros da zona rural;

Antiga Estação de Trem da São Paulo Railway.



Vargem,
Busca
Serviços

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba boletins informativos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.

Qual a sua opinião sobre o novo site?
Excelente
Ótimo
Bom
Regular
Pode melhorar

Veja o resultado